quarta-feira, 9 de novembro de 2016

EM BREVE PERTINHO DE VOCÊ

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

https://www.mediafire.com/folder/66wt9w2qa7vdt/Plantillas_proyectos_de_youtube

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

TRILHA DA CACHOEIRA PERDIDA.

Trilhas para iniciantes com diferentes configurações,  podendo variar de 4km até 20 de acordo com a preferência dos trekking. Trilhas virgens, sem trieiros. Com frutos do Cerrado. Acampamentos no mato. E se desejarem: temos curso de sobrevivência e de  orientação no mato.

Whatsapp (62) 98200-5733 Pimenta.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

*II ENCONTRO DE JOGADORES DE PAINTBALL.*

*II ENCONTRO DE JOGADORES DE PAINTBALL.*
*ORGANIZAÇAO: ** SAVAGE - Clube Paulista  de Paintball *
      *EM SETEMBRO 2016*
        

✔INFORMATIVO ✔*
Todos os participantes maiores de 18 anos e menores acima de 12 anos( este últimos acompanhado de um responsável), deverão ífazer suas inscrições e pagar uma taxa. Que dará direito de usar: 1 marcador, 1 cilindro de gás  CO2, 1 colete, 1 óculos. E 100 bolinha para iniciar o jogo. As recargas de bolinhas e gás serão pagas a parte.

*▫Data:* 24/09/2016
*▫Local:* *GAMELEIRA DE GOIÁS*  Nas Cachoeiras.             *▫Concentração a partir:* 9:00
*▫Jogo:* Com regras fortes de segurança.
*▫Formação de equipes de jogo no local:*
*▫Níveis:* iniciantes e veteranos.
*▫ABERTURA:* Curso de introdução das regras do jogo e normas de segurança do Campo de Paintball.

*RECOMENDADO PARA INICIANTE QUE GOSTE DE EMOÇÃO*

** *Observações:* **

✅VETERANOS-Atentar-se para manutenção de seus marcadores e equipamentos de segurança.

✅- Teremos lanche e almoço a parte.

✅-É indispensável o respeito às regras.

✅-São Equipamentos de segurança principais: óculos, colete, ✔

✅-São Equipamentos de segurança secundários: capacete tático, luva tática, macacão, joelheiras e cotoveleiras, ✔

✅-Caso esteja chovendo o jogo NÃO será cancelado. Salvo de for tempestade
     

*Vamos Curtir o jogo com muita  Saúde e adrenalina*

*Confirme seu Nome na Lista, e Cole no grupo de acordo com sua experiência* *E MANDE DE VOLTA PARA O PIMENTA.*


INSTRUTORES

terça-feira, 12 de julho de 2016

Regras do Paintball Tático.

Regras Básicas para Paintball.

NO CAMPO CERRADO-CC, SE PRATICA UMA MODALIDADE ONDE A SIMULAÇÃO DE COMBATES – PARA FINS DE ENTRETENIMENTO – EM CENÁRIOS E TEMATICAS (MILITARES E/ OU TÁTICA URBANA) É O QUE DESEJAMOS – O PAINTBALL TÁTICO é o que praticamos.

Para o melhor dia de lazer e esporte devemos cumprir algumas regras a seguir:

 

CÓDIGO DE CONDUTA

Como se não fosse uma regra para toda vida, um jogador de Paintball Tático deve ser um exemplo de esportividade, honestidade e integridade na prática do paintball. Fair Play (Jogo limpo) é atitude fundamental e obrigatória no esporte, que não aceita e nem tolera desonestidade e falta de esportividade.

Nós não toleramos quando o jogador se limpa ao ser atingido pela paintball, trapaças e atitudes antidesportivas, agressões verbais, físicas ou psicológicas.

Como jogador de Paintball Tático do CC, devemos sempre dar o nosso melhor para mostrar uma imagem positiva da nossa modalidade e esporte, devemos sempre tratar todos os jogadores, membros e não membros, com respeito, paciência e tranquilidade. Devemos sempre dar as boas-vindas aos novos jogadores e estarmos prontos para ajudar e orientar no que for preciso.

Os novos jogadores são o futuro deste esporte e modalidade, lembre-se disso. Em um jogo, cada jogador tem um papel a cumprir e deverá se esforçar ao máximo para cumpri-lo com eficiência, focando sempre na sua missão, seja ela qual for.

Na maioria das vezes um jogador faz parte de uma equipe e a união e trabalho em grupo serão imprescindíveis para o cumprimento das missões e consequente vitória.

Jogar seguindo as regras, trabalho em grupo, deslocamento com segurança e técnica, aprender e evoluir com nossas experiências, compartilhar ideias, ajudar na evolução da equipe e novatos, respeito e humildade, essa é nossa essência e no final, não importa se ganha ou perde, nosso objetivo é a diversão e amizade.

Jogar de uma forma justa, pensando sempre na segurança de todos os envolvidos é obrigatório.

É expressamente proibido o uso de drogas ou consumir bebidas alcoólicas nas dependências dos jogos; pessoas sob o efeito de álcool, drogas ou qualquer outra substância estimulante ou depressiva que cause alteração comportamental, serão impedidas de participar de qualquer atividade relativa ao paintball no CC, bem como de permanecer nas dependências do campo.

Como todo e qualquer esporte radical, é de fundamental importância comunicar ao seu médico a prática desta atividade por se tratar de um esporte onde o atleta, além de exercitar todos os grupos musculares, pode sofrer a influência de alterações abruptas de temperatura ambiente, como frio ou calor exaustivo. Isso pode eventualmente levar o atleta a ocorrer fadiga muscular, cansaço, falta de ar, sobrecarga do sistema circulatório, consequentemente desidratação e perda de sais minerais, devido ao esforço físico empenhado na atividade. Isso requer um importante acompanhamento médico e um bom nutricionista.

Cada participante é responsável pelo seu lixo produzido! Deve entregar o local limpo, sem sujidades. As marcas dos tiros, tal como, o recheio da bolinha e a casca, são produzidas com material biodegradável. Recomendamos para limpeza de máscaras e acessórios, usarem retalhos tecidos, flanelas e/ou toalhas no lugar do papel higiênico.

REGRAS NO JOGO TÁTICO.

BRAÇOS: ao ser tingido em qualquer parte dos braços, deverá chamar o médico da equipe,  após o mesmo colocar o pano vermelho onde foi atingido, poderá continuar no jogo, sem usar o braço atingido. Simulando a realidade.

PERNAS: ao tingido em qualquer parte das pernas, deverá chamar o médico da equipe,  após o mesmo colocar o pano vermelho onde foi atingido, poderá continuar no jogo, sem usar a perna atingida. Simulando a realidade.

MORTO: o jogador é morto quando é
tingido em qualquer parte do TÓRAX e/ou CABEÇA.  O jogador deverá grita alto: "MORTO, MORTO,MORTO", com os braços levantados e com o marcador pra cima sair do jogo.

MORTO (jogo rápido): o jogador é morto quando é
tingido em qualquer parte do corpo e se acabar o gás do cilindro e/ou munição. Em qualquer uma das situações o jogador deverá grita alto: "MORTO, MORTO,MORTO", com os braços levantados e com o marcador pra cima sair do jogo.

RETORNO AO JOGO: o jogador pode retorna ao jogo quando scabar o gás do cilindro e/ou munição. Em qualquer uma das situações o jogador deverá grita alto: "RECARGA, RECARGA , RECARGA ", com os braços levantados e com o marcador pra cima deve sair do campo. Após fazer a recarga, volta ao ponto de partida (onde o jogo começou).

HONESTIDADE: a honestidade é fundamental aos participantes para saberem quando forem atingidos.

No combate tático:
JUIZ: Cada equipe terá um juiz para observar o comprimento das regras.
MÉDICO: cada equipe designa um membro pra fazer a vez de médico.

COLETES: OS JUÍZES E OS MÉDICOS usaram colete de cores a diferencia-los dos demais jogadores.

segunda-feira, 11 de julho de 2016

PAINTBALL CERRADO

CAMPO CERRADO DE PAINTBALL
EQUIPES - Iniciantes:  LOBO GUARÁ - Veteranos: CAVEIRAS.
Local: MOCAMBINHO.

Vamos Jogar Pintball. Campo de treino e campo de jogo. Traga seus marcadores e equipamentos de segurança. E vamos jogar no meio do cerrado e matas. Simulando a realidade. 
Regra: somente para maiores de 18 anos. Todos os participantes devem apresentar certidões de bons antecedentes. 

Preços:
Recargas de cilindros e bolinhas a vontade. 
Joga quantas pessoas quiserem, desde que tenha seus próprios marcadores e equipamentos de segurança. 
Não cobramos entradas.

Não a tempo limite máximo e nem número de pessoas mínimo para jogar. 
A recarga do botijão grande principal de gás e as bolinhas, será ratiada por todos os participantes. 

Para participar o jogador precisar ter:
Capacete
Máscara de proteção
Colete
Calça militar
Blusa manga comprida militar
Cuturno militar
Luvas
Lanterna
Mira
Cilindro
Porta bolinha

* Atenção: apresentar atestado que afirme não ter alergia a picada de insetos.

Whstsapp 62-98200-5633. Pimenta
Curso de Sobrevivência
Curso tatático
Instrutores de São Paulo, Capital. 
Curso de defesa
Curso de ataque
Curso de planejamento de trabalho em equipa 

quarta-feira, 25 de maio de 2016

SEGURANÇA TOTAL.

Para quem não tem tempo e quer pedalar. O Autodrmo de Goiânia é uma ótima opção. Lá você pratica seu esporte. Faz amizade e fica por dentro do que esta acontecendo nas trilhas e eventos.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

COMO PEDALAR MELHOR E CORRETAMENTE.

Como pedalar melhor e corretamente.
 
A bicicleta, exatamente como a conhecemos hoje, existe a mais de um século. Desde sempre houve competições. Nelas foi desenvolvida uma técnica refinada de pedalar que basicamente é formada por: encontrar a bicicleta ideal para cada ciclista; tirar o melhor proveito do corpo; e pensar o pedalar de maneira correta.
Pedalar é simples e qualquer um consegue, mas quem aprende e respeita a "cultura da bicicleta" descobre que pedalar bem é uma arte. É mais que um simples equilibrar-se enquanto gira os pedais. São inúmeras técnicas refinadas, a maioria fácil de aprender, outras nem tanto. Fazem uma grande diferença nos diversos usos da bicicleta, seja meio de locomoção, lazer ou esporte.

Pedalar melhor é ir mais rápido, com menos esforço, quase zerando a possibilidade de sofrer um acidente. É entender a bicicleta, a rua, a cidade, o meio ambiente, a si mesmo, o desenvolvimento, enfim a vida de maneira diferente, mais equilibrada, mais sadia, mais fácil.
Refinamento sempre nos mostra melhores caminhos e com o pedalar melhor não é diferente.

Encontrar a bicicleta ideal para o ciclista normalmente é complicado. Há muitas opções. A vantagem de quem está começando é que as exigências do novato são menores, menos detalhadas. Mas nem por isto precisam ser erradas ou impróprias. Com um pouco de informação e paciência é possível comprar a primeira bicicleta sem cometer grandes erros. Veja nosso capítulo "que bicicleta comprar" e muitas dúvidas serão respondidas.

O ideal é que bicicleta e ciclista se transformem num conjunto uniforme e harmônico. Para isto deve-se levar em consideração o tipo físico e perfil psicológico do ciclista, e o uso que será dado à bicicleta.

Infelizmente no Brasil a maioria das bicicletas é fabricada em tamanho único; normalmente o 19', mais apropriado para homens que tem estatura em torno de 1,75m. Se você for muito mais alto, baixo ou for do sexo feminino, terá problemas para encontrar um quadro apropriado. Portanto, para começar bem, talvez seja necessário gastar um pouco mais do que imagina, mas não se arrependerá.

Tirar o melhor proveito do corpo ao pedalar está relacionado à postura do ciclista na bicicleta, a técnica de condução e a correção de pequenos vícios.
É um processo de auto-conhecimento e auto-respeito.

Pensar o pedalar de maneira correta é tudo para o ciclista, não importa se ele esteja passeando num parque com a família ou competindo. Quanto mais corretamente o ciclista estiver pensando o pedalar, menor será o esforço.

Sem uma bicicleta apropriada para o tipo físico do ciclista é impossível pedalar de maneira correta. Esta questão é absolutamente básica e essencial para o bem-estar e segurança de quem pedala.

conduzindo uma bicicleta

 
Calibrar os pneus, sair e depois de uma boa pedalada voltar para casa sem dores. A sensação é ótima.
Encaixe o corpo na bicicleta:

1. tamanho e geometria ideal para o tipo físico do ciclista

2. bicicleta corretamente regulada para o corpo do ciclista

3. o corpo deve estar confortavelmente acomodado e relaxado

4. o pé deve apoiar no pedal com o eixo passando pela linha entre seu joanete e dedo mínimo

5. segure com firmeza o guidão, sem travar os braços

6. ajuste o curso do manete e mantenha sempre os indicadores sobre os manetes

O pedalar básico; cadência:

1. pedale mantendo a sola do pé paralela ao chão. Não deixe o calcanhar cair.

2. mantenha um giro de pedal de pelo menos 60 voltas por minuto (uma volta completa do pedal por segundo). Evite pedalar abaixo deste giro.

3. pedalar com marcha pesada é prejudicial à saúde

4. havendo marchas, tente manter sua cadência (velocidade média do giro das pernas) o mais uniforme possível. Quanto mais regular a cadência, menor o cansaço.

5. mudando a força ou cadência, mude de marcha.

6. deve-se manter ou aproveitar a inércia da bicicleta com o mínimo esforço possível

7. nas bicicletas sem marchas acelere lentamente

8. pedalar em pé nos pedais só com um giro próximo a 40 voltas por minuto.

A bicicleta em movimento:

1. bicicleta devagar e ciclista desligado é a equação perfeita para um tombo

2. quanto mais relaxado o corpo estiver ao pedalar, menor a possibilidade de tombo (relaxado não é desligado!)

3. ciclismo é arte da suavidade: quanto mais suave, melhor a bicicleta mantém o equilíbrio e a inércia

4. mesmo numa emergência não brigue com a bicicleta: corrija-a com delicadeza e sem medo de cair

5. olhe sempre para onde você quer ir: a trajetória da bicicleta acompanha o olhar.

6. não fique sempre sentado no selim: use pernas e braços como amortecedores, mesmo que a bicicleta tenha suspensão

7. bicicleta é uma máquina inercial, portanto aprenda a tirar proveito da velocidade

Freando:

1. o bom ciclista usa o mínimo possível os freios. Ele antecipa todas as suas reações e aproveita melhor a sua inércia

2. na freada forte, apóie seu peso nos pedais, com um pé para frente e outro para trás, deslocando um pouco para trás o corpo.

3. freie sempre com os dois freios: quem pára a bicicleta é o freio dianteiro.

4. freie com antecedência; principalmente quando for fazer uma curva

5. mantenha-se atento e procure o melhor caminho para o momento
 
usando as marchas
 
Sobre marchas e relação de marchas:
Quantas marchas têm a bicicleta? 21 marchas = 7x3; portanto ela tem 7 velocidades atrás e 3 na frente. O que isto importa? Depende, mas geralmente muito pouco. Importante é que a relação de marchas (ou relação de velocidades) seja apropriada para o uso à que se destina e que o ciclista saiba como usá-las corretamente.

Quanto mais marchas melhor? Não necessariamente. É óbvio que, quanto maior o número de marchas, mais opções de velocidades o ciclista tem. Mas a grande maioria, incluindo aí alguns profissionais, não sabe usar bem as marchas e sua relação. Relembrando: o importante é uma relação de marchas para o uso que se destina, e não o número de marchas.

Uma boa relação de marchas está diretamente ligada a quem é o ciclista e onde ele irá pedalar. Ter 21 marchas num local plano não faz sentido porque as primeiras marchas, as mais reduzidas, servem para subir montanhas. Outro exemplo: uma pessoa não esportista passeando em local acidentado, necessita de uma relação que suavize muito as subidas, o que não é necessário para quem está treinado.

Atenção: para quase todas as bicicletas com câmbio vendidas no Brasil: as mudanças de marchas devem ser feitas sempre pedalando.
 
usando o câmbio
 
Acionadores manuais de câmbio:
1. mão direita para o câmbio traseiro, mão esquerda para câmbio dianteiro

2. quanto maior o número no indicador do acionador de câmbio, mais duro de pedalar fica, mais veloz a bicicleta vai

3. nos acionadores de câmbio que tem duas alavancas: a maior serve para amolecer o pedalar, a menor endurece o pedalar

Para quem não sabe mudar as marchas:

1. aprenda usando só o câmbio traseiro (mão direita)

2. esqueça o câmbio dianteiro por enquanto (mão esquerda)

3. só acione o câmbio pedalando!

4. não olhe para os números do acionador

5. sempre pedalando, brinque com o acionador para sentir a diferença

6. descubra o que acontece com as pernas cada vez que é acionado o câmbio

7. mude uma marcha por vez e descubra quando fica mais cômodo pedalar

O segredo é manter a velocidade média de giro da perna (cadência) o mais constante possível, mudando as marchas conforme a necessidade, exatamente como no uso do câmbio do carro.
Suas pernas são o motor e há um momento correto para mudar as marchas: entre o girando demais e o forçando muito.
No carro você não fica olhando para a alavanca de câmbio e pensando a cada vez que vai engatar uma marcha, então não faça isto na bicicleta.
Automatize sua reação.

Não importa em que marcha está, nem o número que aparece no visor, nem qual você acredita ser a marcha ideal para aquele trecho.
O que importa, e interessa de verdade, é quem deve comandar as marchas: são suas pernas. Elas é que vão dizer se a pedalada deve ser mais pesada ou mais leve.

Câmbio traseiro:

1. aprenda a sentir as mudanças de seu ritmo de pedalada causadas pelas mudanças de inclinação ou vento do trajeto.

2. tente manter o pedalar entre 60 e 90 voltas por minuto (cadência)

3. quanto mais constante melhor, portanto, sempre que necessário, use o câmbio.

4. muda-se a marcha pedalando, de preferência diminuindo a força no pedal no exato momento da troca de marcha

5. câmbio traseiro aceita algum desaforo, mas seja sempre bem educado com ele

6. no começo é chato, depois fica automático.

Fonte: http://www.escoladebicicleta.com.br/melhor.html

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Projeto PETI BIKE MOCAMBEX

Tem sido uns grandes parceiros na realização do PETIB as famílias dos participantes e os diversos colaboradores. Temos ajudado a proporcionar as crianças e adolescentesa: ter respeito pela natureza, a família, as pessoas, e à se mesmo, disciplina. Ensinamos a gostarem de ler. Brincar e ter responsabilidades. Para termos no futuro cidadãos conscientes.

Ajudar de uma forma prazerosa, pedalando é uma saída que pensamos. 


Nos ajude a ajudar esses jovens.

Pode ser de qualquer forma.

Buscamos onde tiver uma doação.

O grupo começou com 7. Hoje temos uma demanda de 25. Só falta as bicicletas e alguns capacetes. 


Tudo começou com elas pedindo para pedalar conosco. A ideia foi amadurecendo e o coração amolecendo. Um dia resolvemos fazer um teste. Deu certo. A turminha, com autorização dos pais, foi e fez bonito. Foram os primeiros 15 km. É a coisa toda foi crescendo, e acabou virando um projeto de erradicação do trabalho infantil via bicicleta - PETIB, mais conhecido como Mocambex JR. Que faz os encontros todos os Domingos as 8h.


Sei que esse projeto vai incomodar muitas pessoas. Mas somente as pessoas que não fazem nada pelas outras, que só sabem perseguir que se sentiram incomodadas.


 Acreditamos que no fututo as forças políticas e os políticos abraçaram esta grande causa. Para o bem do Futuro de nossas crianças e adolescentes.


Talvez esse projeto seja só uma gota d`agua, na seca de ações sócio-esportivas. Mais preferimos fazer a diferença na vida dessas e de outras crianças.


Contato: Pimenta 62-8200-5633 WhatSapp


Agradecimentos ao Club Ciclístico Alcatéia, Loja Logos Bike, Loja Performace Bike, Loja SkyBike, aos colaboradores Fabi Duarte de Goiânia, Luciene, Marcos e Fernando.

Pelas doações de bicicletas, camisetas, capacetes e peças.



A turma até hoje já pedalou pelas trilhas do município um total de 270km. 

Escolhemos pelo bom exemplo influência as crianças e os jovens. Primeira reunião do grupo de jovens em Mocambinho.
O Club ALCATÉIA tem sido um grande parceiro, na realização dos projetos dessa comunidade.

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

O prazer em ajudar.

Gameleira de Goias recebeu a 2º Pedalada com Cristo , um evento de sucesso , iniciou-se com o café da manhã para os ciclistas ,depois teve a abertura oficial do evento com as palavras do organizador professor Pimenta , logo apos o Prefeito Gilberto Galdino salientou  a necessidade de promover o esporte no município, pois com isso as crianças não fiquem nas ruas , tenham os adultos um melhor condicionamento físico além de promover um lazer as famílias juntamente com a natureza. O prefeito agradeceu a presença dos visitantes em destaque as equipes : Trilhas com Pimenta , Alcateia, Cabritos do Cerrado, Pedal dos Amigos dentre outras. Foram registrados aproximadamente umas 1000 pessoas dentre eles estavam representantes dos municípios de Anápolis, Goiânia, Cocalzinho, Ouro Verde, Silvânia, Abadiânia, Brasilia, Itaberai, Gameleira de Goias e Distrito de Mocambinho. Ao termino da trilha foi oferecido um delicioso almoço carreteiro  a todos participantes ,visitantes e populares.

Prefeitura de Gameleira de Goiás 2013 / 2016 - Todos os direitos reservados.
 

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

REGRAS PARA PEDALAR EM GRUPO







Infome 001:
O projeto TRILHAS MOCAMBEX, todo sábado, em mocambinho, tem encontro a partir das 16:00h. Com 10 minutos, de tolerância. O que dará tempo mais que suficiente para todos organizarem-se para o pedal (dica: organize-se durante a semana, ou dia, antes do pedal, para evitar imprevistos como: pneu murcho e garrafinha vazia e etc.).

Informe 002:
Pedimos que TODOS os participantes que observem com atenção os avisos antes e durante o deslocamento do grupo, pois são fundamentais para sua e segurança dos outros.
- Não ultrapassar o GUIA.
- Não ficar atrás do APOIO.
- Não parar para atender celular.
- Não informar para terceiros de onde viemos e para onde vamos.
- Não informar para outros sobre os preços das bikes dos participantes do pedal.
- Não parar durante o pedal para dar informações, em lugares suspeitos.
- Ultrapasse sempre com segurança pela esquerda (avise).
- Evitar andar de 3 em 3.
- Conversar sempre olhando para frente e nunca tirar as duas mãos no guidão.
- Nunca passar a frente do outro ciclista fechando-o.
- É parada obrigatória, para todos, no topo de cada subida, em lugar seguro, para esperar os outros. O deslocamento só continua quanto o último chegar. E quando alguém furar o pneu,
- É camaradagem ajudar a trocar o pneu furado do outro participante.
- Empurrar e incentivar outros participantes com dificuldade é dever.
- Infração gravíssima: freiar ou parar bruscamente na frente de outro ciclista ou do grupo.
- Não fazer uso de bebida alcoólica antes e durante o pedal. Depois é só festa.
- Respeitar, protejer e ajudar as mulheres antes, durante e após o pedal.
- Usar capacete, luvas, pisca traseiro, farolzinho e garrafinha com água, ou mochila de hidratação.
- Levar todas as ferramentas necessárias da sua bike. Inclusive remendos.

Informe 003:
Acordamos, entre os grupos de ciclismo, que o trajeto do pedal. Será de conhecimento somente dos coordenadores. Para evitar assalto e dispersão do grupo.
- As regras do Código Brasileiro de Transito devem ser seguidas pelo ciclista.
- Nunca responda as provocações de motoristas ou pedestres.

Informe 004:
Vamos pedalar de forma coesa e disciplinada.

Informe 005:
- O projeto TRILHAS MOCAMBEX é uma iniciativa filantrópica aberta ao público com objetivo de ajudar e motivar as pessoas a terem mais qualidade de vida com atividade física envolvendo bicicleta.
Buscamos preservar, conservar, recuperar e conscientizar sobre a natureza via conhecimento.
- Não nos responsabilizamos pelos danos aos equipamentos e aos ciclistas nos passeios. Devendo cada um atentar para sua própria segurança e manutenção da sua BIKE e equipamentos.
- Não é recomendado a participação de menores de 18 anos. Devido ao risco da atividade. Seguindo o Estatuto da Criança e do Adolescente.
- Os custo dos eventos serão rateados entre todos os participantes. 

Informe 006:
- Temos espaço para divulgação dos patrocinadores nas camisas. Verifique valores.
- Divulgação de logo marcas de empresas dos participantes no blog é grátis.

Informe 007:
O uso de fones nos ouvidos não é permitido devido os risco que o ciclista se expõem, diminuindo a percepção dos sons no trânsito e dos avisos de alerta dados pelos outros ciclistas.

Informe 008:
Sendo a bicicleta um meio de transporte silencioso, solicitamos aos bikeanos, que façam uso, comedido, de apito para alertar motorista de sua aproximação.

Informe 009: Nunca abandonar o grupo, sem antes avisar o motivo real, desde que esta atitudes não comprometa a segurança ou integridade dos demais participantes.

Informe 010: Não promover agitação durante os passeios, que venha a perturbar a ordem e harmonia do grupo.

Informe 011: Nunca promover conversas, piadas e outros tipos de assuntos durantes os passeios que venhão a constrangir: Raça, Sexo, Classe social, caracteristicas físicas, ou opção sexual dos participantes.

Informe 012: Não fazer suas necessidades físiologicas perto das outras pessoas, causando constrangimento a elas.

Informe 013: Nunca interferir na programação dos passeios para aumentar ou seguir por um trajeto que não esteja previamente planejado.

Informe 014: PROIBIÇÃO - Para os passeios de Sábado é expressamente PROIBIDO estender o convite à terceiros que não tenha condicionamento: físico, moral, mental e equipamentos adguados para a modalidade e percursos propostos.
Para ser aceito ao grupo é necessário pelo menos a participação em um de nossos passeios e/ou ser apresentado por um membro efetivo.

Informe 015: Não aprovamos a competição e corrida durante os passeios.

ATENÇÃO: CASO CONCORDE COM AS REGRAS ACIMA, É BEM VINDO AOS NOSSOS PASSEIOS SEMANAIS.

Agradecemos a atenção e ajuda de todos.
Atenciosamente,
Pimenta.
Watsapp
(62) 8200-5633

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

COMO PEDALAR NO TRANSITO?

PEDALAR NO TRANSITO.

   . pedalar com segurança
   . pedalar tranquilo
   . o motorista
   . o que não fazer
   . precauções
   . para o motorista
   . para o pedestre.
OS ASSUNTOS MAIS IMPORTANTES:
    1. experimentar sem errar
    2. aprender a pedalar
    3. voltando a pedalar
    4. pedalar no trânsito
    5. pedalar melhor
    6. ir mais longe
    7. corpo
    8. saúde
    9. alimentação
  10. vestuário
  11. idosos e a bicicleta
  12. iniciar no esporte
  13. cicloturismo
  14. a história da bicicleta
  15. política e ativismo
  16. a bicicleta
  17. que bicicleta comprar
  18. segurança mecânica
  19. o cliente e a bicicletaria
  20. estacionamento e roubo
  21. equipamentos
  22. mecânica de bicicletas
  23. emergências do ciclista
  24. nossa equipe
  25. nossos serviços
  26. links
  27. livros e referências
  28. política do site
Fonte: Escola de Bicicleta.
 
 
Trânsito: carros e mais carros, ônibus, motociclistas apressados, pedestres.
E nós, ciclistas (Estou falando ciclistas, e não bicicletéiro). Como é que a gente faz?
Pedalar no trânsito parece impossível para muitos, principalmente para quem mora em cidade grande. Será mesmo? Se isto é verdade, por que tem aumentado o número de ciclistas nas ruas?

O que é verdade ou imaginação sobre segurança no trânsito?
Segurança no trânsito é estabelecida a partir de números, estatísticas, encontrados através de pesquisas realizadas com base científica, que dizem de fato o que é seguro, perigoso ou inseguro para o condutor de um veículo, pedestre ou qualquer outro que esteja participando do trânsito.
O resto é imaginação (ou ficção) popular, e esta sim, costuma ser perigosa.

Normalmente, quando acontece um acidente a história corre de boca em boca, e em pouco tempo parecerá que houve um acidente em cada esquina e a cada minuto. Há um certo prazer em contar e ouvir histórias deste tipo. Mesmo depois de muito tempo, um acidente sempre é uma conversa interessante. O que foi um tombo causado por um susto acaba se transformando num coitado sob as rodas de um ônibus.
É como no caso dos aviões: há em média 2 (sim, dois!) acidentes para cada milhão de decolagens, o que transforma o avião no meio de transporte mais seguro existente. Mesmo assim só se fala nos que se esborracharam. Detalhe: nestes dois raríssimos acidentes não necessariamente houve morte, nem um arranhão sequer (o avião apenas pousou de barriga).

A imensa maioria dos ciclistas pedala sem sofrer acidentes de trânsito! Mas, bom mesmo é quando há sangue na conversa. 
O fato é que as pessoas se apegam a certas verdades muito mais para evitar a possibilidade de mudanças em suas vidas do que para qualquer outra coisa. "Vai que pedalar é muito mais seguro que imagino, eu vou ter que assumir que estava errado todo este tempo".

O que é novo é estranho e traz receios. Para quem pedala pela primeira vez no trânsito a situação pode parecer assustadora. Só nos conscientizamos que a maioria dos perigos são imaginários com a convivência, a prática.

Trânsito é previsível, tem lógica, responde à física. Há uma parte psicológica? Sim, mas esta também é previsível.
Todo acidente é causado por um erro, uma falha. Se não houver erro ou falhas, não haverá acidente. É óbvio, parece uma afirmação besta, idiota, mas não é, muito pelo contrário. Quem compreende esta verdade, entende o que é segurança no trânsito e praticamente zera a possibilidade de um acidente.

Antes de culpar o outro, descubra qual é seu erro e você descobrirá a solução para o conflito. 

Para o ciclista em qualquer lugar:

1. seja educado.

2. obedeça as leis de trânsito.

3. sempre sinalize suas intenções.

4. use roupas claras ou cores chamativas.

5. Use farol e pisca trazeiro.

6. evite ruas e avenidas movimentadas sem escape de acostamento, com muitos carros estacionados.

7. mantenha-se à direita e no sentido do fluxo de carros.

8. não faça zig-zag: procure pedalar mantendo uma linha reta.

9. aprenda a ouvir o trânsito.

10. Use apito para avisa da sua aproximação.
 
Pedalar com segurança:
Se o ciclista seguir umas poucas regras básicas o risco de acidente cai praticamente a zero. Sempre haverá possibilidade de alguma tensão ou conflito, mas será bem mais difícil a ocorrência de um acidente.
O importante é você entender que, enquanto pedala e conduz a bicicleta, você é um ciclista, e não um motorista ou motociclista. Bicicleta acelera, mantém a velocidade e desacelera de uma maneira completamente diferente de qualquer veículo motorizado. Por causa disto a relação do ciclista com o trânsito tem suas particularidades que tem ser respeitadas.

Mais da metade dos acidentes de trânsito envolvendo ciclistas são responsabilidade do próprio ciclista.
 
Pedalar tranquilo:
Acredite no que a prática de mais de 100 anos diz. Segurança no trânsito, de verdade, é construída a partir da experiência, que vira estatísticas, o que permite construir uma ciência, que acaba mostrando o que é de fato seguro ou não. Isto vale para os condutores de todos veículos, incluindo o ciclista. Lendo documentos oficiais e de especialistas, do mundo inteiro, é possível afirmar sobre a segurança no trânsito do ciclista que:
 
1.A maioria dos acidentes é causada pelo próprio ciclista. Quase todos acidentes tem responsabilidade direta ou indireta do próprio condutor; por distração, desrespeito a sinalização, falha mecânica, erro de cálculo, falta de bom senso...
 
2.Praticamente todos acidentes envolvendo ciclistas acontecem em cruzamentos e esquinas. Colisão lateral é uma das principais causas de mortes de ciclistas.
 
3.Colisão por trás é fato raro. Aumenta quando o ciclista pedala em avenidas, vias expressas e estradas. Cuja imprudência é do motorista.
 
4.Pedalar na contra-mão é a situação mais perigosa para o ciclista e em caso de acidente normalmente acaba em sequelas graves, irreversíveis, ou morte.
 
5.Ciclista que veste roupas claras ou chamativas e sinaliza suas intenções, diminui sensivelmente a possibilidade de acidente.
 
6.Boa parte dos acidentes são causados por falha na manutenção da bicicleta.
 
7.Pedalar completamente relaxado acreditando que ciclovias e ciclofaixas são completamente seguras é causa de vários acidentes. O número de colisões entre ciclistas é significativo.
 
8.Atropelamento de pedestres por bicicletas é fato comum, principalmente quando o pedestre cruza a rua, ciclovia ou ciclofaixa. Normalmente causa lesões, até graves, para os dois, pedestre e ciclista.
 
A relação com o motorista:
1. quanto espaço ele precisa para frear?
2. para onde ele está olhando?
3. olho no olho do motorista ou pedestre
4. se não é possível ver o olho do motorista, olhe para as rodas dianteiras do carro.
5. tente antecipar a reação do trânsito: olhe longe, pense adiantado. Essa será sua vantagem.
6. cuidado com a abertura das portas dos carros o que nunca se deve fazer
1. nunca pedale na contra-mão, a não ser que esteja sinalizado.
2. não pedale onde o motorista não o pode ver.
3. nunca entre com tudo nos cruzamentos, esquinas ou saídas de estacionamentos
4. nunca force uma situação contra um carro, moto ou ônibus.
5. não pedale muito próximo do meio fio
6. não fique olhando para trás o tempo todo, somente o tempo necessário para perceber o trânsito no caso de necessidade de mudança de direção ou faixa. Preocupe-se com o que vem pela frente
7. não use fones de ouvido.
 
Precauções:
1. pedale de forma que seu comportamento transmita segurança aos outros.
2. só olhe para trás quando for realmente necessário.
3. em descidas fortes, evite deixar a  bicicleta ficar solta e correr demais.
4. cuidado com mudanças de piso e suas diferentes aderências.
5. tampas de bueiro em aço ou sinalização pintada no solo quando molhadas escorregam muito.
6. com chuva ou chão escorregadio diminua a velocidade.
7. com chuva a visibilidade de todos fica prejudicada.
8. esteja sempre com a marcha correta engatada. Antes de parar a bicicleta nos cruzamentos engate uma marcha que lhe permita arrancar rápido.
9. Respeite o pedestre.

Sempre para o motorista:
1. faixas de rodagem são calculadas para a passagem de um veículo por vez.
2. a maioria dos motoristas não pedala, portanto não sabe como a bicicleta se comporta em movimento.
3. a diferença de velocidade entre uma bicicleta e um automóvel é grande e o tempo de reação do motorista é baixo.
4. motoristas precisam prestar atenção em muita coisa ao mesmo tempo. A bicicleta é visualmente o menor dos veículos no trânsito, portanto o mais difícil de ser percebido.
5. motoristas de qualquer veículo grande não tem uma boa visibilidade externa, portanto o ciclista deve guardar distância. E manter-se visivel.
6. um carro ou uma moto freiam mais rápido que uma bicicleta.
7. a bicicleta desaparece no ângulo formado pela coluna de um carro. Mais uma vez, mantenha-se visivel para o motorista, dê um toque com o apito. Isso ajuda ele a perceber sua presença.

Para o pedestre e outros:
1. pedestres tem prioridade sobre ciclistas. Lembre-se que você também é um pedestre. Respeite para ser respeitado.
2. um pedestre pode mudar de direção de maneira muito brusca. Aproxime-se devagar, avisando sua chegada e passe guardando distância.

3. patins e skates também mudam de direção muito rápido.

4. cachorros e gatos tem reações inesperadas. Evite assustá-los.

5. próximo a árvores pode haver raízes perigosas.
 

Fonte: Escola de Bicicleta.

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

II PEDALA COM CRISTO.

Queremos agradecer aos mais de 400 participantes que estiveram na ll Pedalada com Cristo. 
Hoje a estrutura que temos à oferecer, acampanha as belezas naturais da região. É simples.
Trilhas estudadas para proporcionar a emoção na dose certa para cada perfil de participantes. Temos todos os tipos de trilhas.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

RADICAIS LIVRES COMO PREVENIR.

CEPEUSP Cursos EventosNúcleos
O que são radicais livres?
Dica do Especialista
A iniciação ao treinamento de força
A prática do karate-dô e o controle das emoções
Alimentação e exercício físico: o que o diabético deve saber?
Aspectos práticos do alongamento
Atividade física: pratique essa ideia
Caminhada ou Corrida: o que o paciente diabético deve saber
Dicas para uma boa escolha da Modalidade
Estiramento muscular durante a prática de atividade física
Exercício Físico e Poluição: o que devo saber
Exercício físico no verão: como devemos praticar?
Exercícios Localizados para mulheres
O que são radicais livres?
Pés: os cuidados que o diabético deve ter
Triathlon: Da iniciação à superação. Que tal encarar esse desafio?
Yoga e qualidade de vida
Início
O que são radicais livres?
São moléculas liberadas pelo metabolismo do corpo com elétrons altamente instáveis e reativos, que podem causar doenças degenerativas de envelhecimento e morte celular. Os radicais livres podem combinar com outras moléculas do corpo e, com isso, serem aniquilados rapidamente, caso a produção deles seja pequena. No caso de uma grande quantidade liberada pelo organismo em diferentes situações, como por exemplo - excesso de exercícios físicos de grande intensidade e duração, exposição ao sol em demasiado, fumar ou ingerir alimentos com muita fritura e refinados, - podem ocorrer danos, como o envelhecimento precoce e doenças como Parkinson, Alzheimer, entre outras.

Para inibir a produção dessas substâncias o organismo conta com a produção de enzimas, como o superóxido dismutase que diminui com o passar dos anos, e, então, os ditos "radicais livres" aumentam e agem mais intensamente. Alimentos que contêm propriedades antioxidantes como o beta-caroteno e as vitaminas C e E e o selênio, podem, contudo, retardar esse processo, neutralizando e varrendo do organismo os tais radicais livres. O mamão, a laranja, a cenoura, a cebola, o morango e o espinafre estão entre eles.

Fatores externos, também, podem contribuir para o aumento da formação dessas moléculas. Entre esses fatores estão:

Poluição ambiental, resíduos de pesticidas, presentes nos alimentos cultivados em grandes quantidades e que abastecem as grandes cidades.
Substâncias presentes em alimentos e bebidas (aditivos químicos, hormônios, entre outros).
Raio-X, radiação ultravioleta e radiação gama em alimentos.
Estresse.
Como os exercícios físicos produzem radicais livres?

A primeira forma está ligada aos exercícios exaustivos, nos quais há um aumento de 10 a 20 vezes no consumo de oxigênio no corpo. O enorme bombeamento de oxigênio, através dos tecidos, desencadeia a liberação de radicais livres. Para se evitar isto, recomenda-se praticar os exercícios entre 65-80% da sua freqüência cardíaca máxima.

A outra forma de produção de radicais livres durante os exercícios está ligada ao processo que é conhecido como isquemia-reperfusão. Quando os exercícios físicos intensos são praticados, o fluxo sangüíneo é desviado de outros órgãos do corpo para os músculos diretamente envolvidos nessa atividade. Assim, uma parte do corpo irá passar por uma deficiência de oxigênio. Ao término do exercício há reperfusão, ou seja, o sangue retorna aos órgãos que estiveram privados dele. Este processo foi associado à liberação de grandes quantidades de radicais livres. Verificamos, então, a importância do desaquecimento, ou volta à calma, ou o relaxamento.

Atletas sofrem a ação dos radicais livres?

Não necessariamente. É verdade que pesquisas detectaram que seções de exercícios provocam um aumento na ação dos radicais livres.

Mas há alguns pontos importantes a serem considerados nestas pesquisas.

O primeiro é que a ação dos radicais livres aumenta apenas temporariamente voltando depois ao nível normal. Outro ponto importante, geralmente despercebido, é que, em pessoas bem treinadas, a ação dos radicais livres, devido ao exercício, é bem menor. Isto se deve ao fato de que a atividade física regular aumenta também os níveis de enzimas que destroem os radicais livres.

Um estudo realizado pela Universidade de Tubingen, na Alemanha, demonstra isso. Homens treinados e não treinados realizaram um teste de intensidade progressiva em esteira ergométrica até a exaustão. O dano ao DNA nas células brancas no sangue foi significativamente menor nos homens treinados. Deve-se lembrar que os treinados correram por mais tempo e por isso consumiram mais oxigênio (International Journal of Sport Medicine, 1996, 17 : 397-403).

Os exercícios que combatem os radicais livres

Segundo o Dr. Kenneth Cooper os exercícios de baixa e de moderada intensidade, entre 65-80% da sua freqüência cardíaca máxima, têm importância fundamental no combate aos radicais livres. Sem eles as defesas internas de seu organismo contra os radicais livres ficam fragilizadas. Dentre esses exercícios, incluem-se caminhada, corrida, natação, ginástica aeróbica, relaxamento, yoga, musculação, ciclismo e esportes na natureza.

Desde que respeitado o tempo de duração e a intensidade, esses exercícios têm a função principal de "varrer" do nosso organismo os radicais livres em excesso e promover a saúde.

Procure um profissional de Educação Física para orientar-se e planejar suas atividades físicas, de acordo com seus objetivos.

Autor: José Luiz Sinhorini
Formado pela Escola de Educação Física e Esportes da USP.

Co-autor dos livros: Atividade Física e Radicais Livres - Editora Edusp/Ícone. O Poder Antienvelhecimento da Alimentação Ortomolecular - Editora Ícone.

segunda-feira, 23 de junho de 2014

CAMISA PASSEIO TRILHAS MOCAMBEX

CAMISA MODELO PASSEIO - TRILHAS MOCAMBEX. FEITA EM TECIDO 100% POLIÉSTER, MANGA CURTA. ESTAMPA LINDA, TOTALMENTE DIGITAL. CORES QUE VALORIZAM A NATUREZA DO ESPORTE. TAMANHOS: PP-P-M-G-GG-EXG. PREÇO SÓ R$30,00. LIGUE E GARANTA JÁ A SUA. WATZAPP 62-8200-5633. PIMENTA (atendendo à pedidos. idealizamos para vocês uma camisa para usar antes e após as trilhas. Mostrando sua paixão e apoio ao esporte)

SEMANA ECOLÓGICA - AMBEV

EM UMA PARCERIA DA AMBEV COM A LOJA PERFORMACE. foi realizado em Anápolis/GO, o Passeio ciclístico em prol do meio ambiente da semana Ecológica da AMBEV. Uma trilha super bacana, com paisagens lindas. Trechos que exigiram habilidade técnica dos participantes. Reuniu mais de 200 ciclistas de MTB. Parabéns aos organizadores e aos grupos que apoiaram esse projeto.

quinta-feira, 5 de junho de 2014

CAMISA CICLISMO TRILHAS MOCAMBEX

CAMISA  MODELO CICLISMO TRILHAS MOCAMBEX. FEITA EM TECIDO DRY SHPERE 100% POLIÉSTER,  ANTI-CALOR, MANGA LONGA, ZÍPER YKK 20CM , TRÊS BOLSO ATRÁS. ESTAMPA LINDA EM SUBLIMAÇÃO DIGITAL. CORES QUE VALORIZAM A NATUREZA DO ESPORTE. TAMANHOS: PP-P-M-G-GG. PREÇO DE R$120,00. LIGUE E ADIQUIRA JÁ A SUA. WATZAPP 62-8200-5633. PIMENTA